Atendimento, Empatia e Contratação



Nos últimos anos com a perda da empatia, devido a vida acelerada e o imediatismo - os resultados das empresas têm sido muito prejudicados; pois muitos profissionais (inclusive os empresários) deixaram de priorizar a necessidade do cliente - focando em suas próprias metas, realizações e faturamento - com isso não entregam valor ao cliente, apenas o básico.

Tratam os seus clientes dentro de "padrões" de atendimento pré-estabelecidos, como se fossem commodities.

Segundo uma pesquisa encomendada pelo PROCON e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), 65% não retornar por "indiferença" no atendimento, o que também pode ser traduzido como: falta de empatia, vontade de ajudar o cliente, energia no atendimento, interesse e etc.

Abaixo, segue os demais motivos, para perder clientes e, caso você se veja na pesquisa – MUDE IMEDIATAMENTE.

1 % - POR FALECIMENTO
5 % - POR MUDANÇA DE ENDEREÇO
5 % - POR AMIZADES COMERCIAIS
10 % - POR MAIORES VANTAGENS EM OUTRAS ORGANIZAÇÕES
14 % - POR RECLAMAÇÕES NÃO ATENDIDAS
65 % - POR INDIFERENÇA DO PESSOAL DE ATENDIMENTO

Mas como resolver isso?
Sem dúvida em primeiro lugar, eu destaco a contratação. Toda a contratação, por mais simples que seja, deve visar o atendimento ao cliente. Isso é necessário, não é papo de consultor, é a mais pura realidade.

Não é triste entrar em uma empresa ou loja e se deparar com um vendedor ou uma recepcionista em atitude de apatia e sem energia?

                Então avalie melhor as suas opções no momento da contratação. Se você não se sente apto para desenvolver um processo seletivo, contrate uma consultoria de RH (www.intelligencebr.com) que certamente vai lhe apoiar em sua necessidade.

                Acredito muito na máxima de Peter Drucker, o pai da administração moderna, que diz:  - “As pessoas são contratadas pelo conhecimento técnico e dispensadas pelo comportamento”.

                Em sua última contratação, provavelmente ela foi feita com base na empatia. Ou seja, o seu “santo” bateu. No entanto você se esqueceu de avaliar se os valores e o comportamento do candidato estão alinhados com os seus.
               
Pense nisso.

Postagens mais visitadas